Pokemon Go como estratégia de marketing

14 jul
2016

Veja alguns exemplos de marcas que utilizaram o Pokémon Go como estratégia de marketing

A febre do aplicativo Pokemom Go vem assustando muitos profissionais das áreas de tecnologias e de marketing, pois mesmo ainda não disponível no mundo inteiro e com pouco tempo de lançamento, o aplicativo vem alcançando marcas enormes!

Para entender um pouco mais como funciona o app, assista o vídeo oficial:

O aplicativo já atingiu muito mais alcance que os desenvolvedores imaginaram, chegando a marca de 15 milhões de downloads só nos EUA, e está tendo mais tráfego que aplicativos maiores como o Facebook, Snapchat e Instagram. Confira o gráfico para ter uma ideia:

Tempo gasto por dia no Pokemon GO em comparação com outros apps

 

O site SensorTower analisou o engajamento médio de Pokemon Go e comparou com o tempo que as pessoas em média passam checando outros aplicativos como os já citados: 33 minutos foram gastos pelos usuários do app por dia. Parece pouco, mas se compararmos com os 22 minutos gastos no Facebook (a maior rede social do mundo) dá pra ver que o aplicativo é realmente um fenômeno!

Alguns estabelecimentos já estão investindo nesse fenômeno para aumentar as vendas, confira algumas ideias:

Cafeteria utiliza o Pokemon Go para atrair mais clientes!

O app não está sendo divertido  só para os jogadores como também para estabelecimentos que conseguirem se aproveitar da hype. E esse será o objetivo da cafeteria-laboratório Huge Café, que a agência Huge usa para fazer seus experimentos. Eles pretendem mostrar que abraçar a hype de uma maneira criativa pode ajudar a aumentar o movimento.

Cafeteria usa Pokémon Go para atrair clientes

A cafeteria está localizada entre duas pokéstops, que são locais onde os jogadores podem reabastecer em pokébolas e outros itens. Para aproveitar esse tráfego constante de jogadores, eles compraram e instalaram pelo jogo e no local da cafeteria um módulo chamado “lure”, que atrai diversos pokémons para o local onde ele é colocado e tem duração de 30 minutos.

O resultado?

Um aumento significativo de pessoas entrando na cafeteria para pegar os pokémon no local.

Experiência brasileira

O lançamento do Pokémon Go não contemplou o Brasil, todavia algumas marcas têm utilizado do hype para divulgarem suas ideias.

O Greenpeace Brasil foi um exemplo que utilizou do buzz nas redes:

Greenpeace Brasil – Pokémon Go

 

Aqui você vê a galeria completa desta ação.

 

É moda ou veio para ficar?

Isso vai depender de como a Nintendo conseguirá segurar todo este sucesso, é claro. Todavia, sabe-se que o mobile e a gamificação são tendências de consumo no futuro (talvez até no presente).

 

Fonte : B9, Marketing de Guerrilha e Legião de Heróis

Thiago Martins
author

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *