SCAMPER: como ter ideias inovadoras

01 jun
2015

Quer inovar seu produto? Aprenda como usar o SCAMPER para inovar

Se você chegou nesse blog é por que você também é fã de inovação. A ideia do Marketing Sem Gravata é mostrar como podemos ser mais criativos e efetivos em nossa vida e nossos negócios com a inovação:

[Curso online gratuito] Ferramentas práticas para inovar
10 Tendências de Consumo e Inovação para 2015
O Impacto da Tecnologia nos Negócios

Inovação é palavra chave na Era da Informação (tanto é que está em nosso slogan). Hoje, cada vez mais as pessoas precisam ter novas ideias, pensar fora da caixa e obter diferentes soluções para um problema.

Confesso que há pouco tempo ouvi falar do método Método SCAMPER.

Este método foi desenvolvido por Bob Eberlee para melhorar a criatividade e no desenvolvimento de ideias criativas. O método SCAMPER foi elaborado meados do século 20, trata-se de uma lista de verificação de perguntas onde novas ideias são criadas.

É um método  utilizado para repensar o problema ou criar uma nova oportunidade de negócio, podemos também utilizar este método para modificar um projeto de um produto, serviço ou processo.

O método é muito útil para abrir a mente para novas maneiras de se concentrar no problema e, com isso, mudar toda a nossa capacidade criativa.

Mas afinal, como é o SCAMPER?

O SCAMPER, é uma poderosa técnica de estímulo ao pensamento criativo que lhe ajudará a exercitar sua criatividade, propondo 7 ângulos para você gerar ideias:
1 – Substituir
2 – Combinar
3 – Adaptar
4 – Minimizar, tornar maior, modificar
5 – Pensar em outros usos
6 – Eliminar
7 – Reverter, rearranjar.

1 – Substituir –  determine o que é que pode ser utilizado como substituto daquele pensamento. Aqui a equipe precisa pensar no sentido que deverão ser colocadas algumas questões, de modo a averiguar que produto ou serviço pode ser substituto de um produto ou serviços já existente.

Perguntas:

Que materiais ou recursos envolvidos podem ser substituídos para melhorar os benefícios e a experiência do usuário?

Podemos substituir regras?

É possível usar a solução para outra aplicação ou como um substituto de outro produto?
2 – Combinar –  ao combinar objetos e ideias, podemos desenvolver novos produtos ou serviços. Investigue como é que a ideia pode ser combinada com outro fato para gerar algo novo.

Pergunta:

Como combinar diferentes produtos, tecnologias, recursos, talentos para criar algo novo ou maximizar os benefícios oferecidos?

3 – Adaptar – aproveite todo o conhecimento e aplique em um novo contexto, encontrando novas aplicações e explorando outros mercados. Será possível identificar como se pode adaptar uma ideia existente ou a ideia de outra pessoa.

Perguntas:

Como poderia adaptar o produto para servir a outro uso?

É possível se inspirar em diferentes contextos e trazer novas ideias para o produto?

O que posso copiar ou emprestar de outras soluções?

4 – Minimizar – um caminho para criar algo novo é modificar as características de nosso produto, processo ou modelo de negócios. Este é processo que foca na hipótese da ideia poder ser mudada de formato, peso, dimensões, cores, configuração, sentidos e melhorar nossa solução. Assim, a partir de uma ideia já existente, tenta-se atribuir-lhe uma nova utilização, efetuando uma modificação a qualquer nível.

Perguntas:

De que forma o produto ou serviço pode ser modificado, aumentado e/ou reduzindo?

O que pode ser ampliado, reduzido, alterado ou fortalecido para gerar mais valor?

5 – Pensar em outros usos – nesta etapa pretende-se encontrar utilizações alternativas para ideias existentes, isto é, pesquisar novos usos para produtos e serviços. Isso pode representar uma grande alavanca para a inovação.

Pergunta:

A ideia pode ser utilizada em outros mercados? De qual forma?

As vezes será necessário reutilizar o produto, dando-lhe outra utilidade completamente diferente.

6 – Eliminar – Pense na eliminação, redução ou adição de novos ingredientes/componentes de modo a alterar uma ideia. Ao eliminar partes ou características do produto/serviço, pense em uma forma de solucionar alguns problemas.

Perguntas:

Como podemos simplificar um produto ou processo?

Quais características, componentes e regras podem ser eliminadas?

É possível fazer algo menor, mais leve e rápido?

7 – Reverter – por fim, reverta o processo do produto ou o serviço, criando uma outra ideia. Ao tentar inverter a lógica há a possibilidade de criação de um novo conceito ou a chamada de exploração de novas possibilidades no tempo e no espaço.

Perguntas:

Pensando em um produto ou processo, o que aconteceria se você invertesse a seqüência em que as atividades são feitas?

Que tal mudar a ordem? Rearrumar de cima para baixo, de trás para frente?

Dá para montar seu produto de forma diferente, com novos arranjos entre os componentes?

 

Mais fontes para quem quer saber mais:

http://www.3minovacao.com.br/aprenda/cursos/scamper

http://movimentoempreenda.revistapegn.globo.com/news/ferramentas/2012/04/ferramentas-scamper-tecnica-de-geracao-de-ideias-018.html

http://www.tiespecialistas.com.br/2013/05/metodo-scamper-melhorar-o-a-criatividade-e-no-desenvolvimento-de-ideias-criativas

Thiago Martins
author

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *