A Internet vai substituir Televisão?

14 out
2016

Uma discussão sobre como a TV e a internet são BFF

Os meios de comunicação têm mudado com o tempo. Não é de hoje que se discute o surgimento de novas mídias e da possibilidade da eliminação das mídias tradicionais.

O fim da televisão

Na atualidade discutimos muito sobre a ideia de como a internet tem revolucionado comportamentos no Brasil e no Mundo. São muitos argumentos e casos que vemos em nosso dia a dia. Até o CEO da Netflix certa vez afirmou “A era da TV vai provavelmente acabar até 2030

Inclusive a Netflix é um caso a parte que já discutimos aqui nesse post. Mas mesmo que aceitarmos a ideia de que a Tv vai acabar em 2030, ainda temos mais de uma década de mídia para ser explorada.

No Brasil, particularmente, a televisão tem um papel social importante, é um dos meios de comunicação que ainda mais consumimos.

Alguns autores discutem a hipótese do fim da televisão, todavia vários outros apoiam a ideia da convergência dos meios, como Henry Jenkins, professor e pesquisador do MIT.

Tv e internet são inimigas?

Em outubro de 2015 fui chamado para dar uma palestra para a afiliada Globo no Paraná (RPC), para falar justamente disso: a internet e a televisão são inimigas?

Isso me fez lembrar de 3 livros muito interessantes que fazem esta mesma discussão:

1 – Cultura da Convergência

Jenkins elabora nesse livro uma discussão de como os comportamentos de consumo de mídia vem sendo modificando. Há a discussão, por exemplo, da narrativa transmidiática e da convergência de conteúdos.

Assim, é possível perceber que as mídias não serão substituídas, mas sim estão convergindo seus conteúdos para N canais (posso acompanhar meu programa favorito pela Tv, pela internet, ou até complementar o conteúdo com livros e HQs).

2 – Social TV

Este livro foi uma indicação de um professor do mestrado, Dr. Eduardo Marquioni, e é um achado para quem quer se aprofundar no assunto.

É percebido que o consumo de televisão é realizado socialmente. Desde décadas atrás nós discutimos em nosso convívio social conteúdos televisivos “Você viu o que passou ontem na Tv?”

Hoje isso também acontece, mas agora fazemos pela Mídia Social, esta é a nossa sala global.

Comentários e opiniões do que está sendo assistido são publicados em tempo real, pare de ler este texto e explore seu Facebook, com certeza você encontrará alguma menção de conteúdo televisivo (seja da novela, jornalismo ou até mesmo apresentações no The Voice).

Sim, hoje falamos do consumo integrado, ou seja, a convergência do consumo dos meios de TV + internet + dispositivos móveis = um novo“ritual televisivo”.

Por exemplo, um político faz um pronunciamento em horário aberto e são gerados impactos da televisão imediatamente que refletem nas mídias sociais (exemplo: Trending Topics)

O consumo integrado acontece como uma extensão da experiência televisiva = a idéia de segunda tela  (assisto tv com o laptop, tablets, etc.).

3 – Cultura da Conexão

Alguém lembra dessa apresentação?

É a apresentação de Susan Boyle no Britains Got Talent 2009 (um programa estilo The Voice). Este vídeo viralizou na internet e (só esse vídeo, sem contar as cópias) tem hoje quase 200 MILHÕES de visualizações.

Você acreditra que o fato deste vídeo ter viralizado aumentou a audiência do programa na TV?

Jenkins afirma que sim em seu novo livro Cultura da Conexão, estamos imersos em conteúdos e cercados de várias mídias que podem se complementar.

Ora, o surgimento da televisão não matou o rádio, o e-book não eliminou os livros impressos… tudo está convergido!

E no caso da internet e da TV: elas não inimigas, são as melhores amigas!

Como o marketing deve encarar isso?

Claro que esta é a pergunta chave, para responder melhor gravei um vídeo que fala um pouco mais como podemos usar dessa discussão a favor do marketing:

Um exemplo de como usar do Outbound e do Inbound foram nas olimpíadas, onde marcas utilizavam de estratégias para gerar conteúdos relevantes.

Desta maneira, utilize dos canais de contato para estabelecer um relacionamento com seu público.

Aproveitando que chegamos no fim desta discussão para falar do Inbound do Marketing Sem Gravata: você já acessou a Marketeca hoje?

Thiago Martins
author

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *